quarta-feira, 8 de abril de 2009

Brasões do Corinthians




















A evolução dos Distintivos do Corinthians

1913. Enquanto o Corinthians jogou na varzea, (1910 a 1913), as camisas não tinham distintivo. O primeiro foi criado as pressas, para a disputa da vaga na Liga Paulista de Foot-Ball. Continha apena as letras C e P, de Corinthians Paulista, maisculas e sobrepostas. Permaneceu até 1914 nos jogos contra o Torino.


1914. O primeiro escudo foi criado pelo litógrafo Hermogenes Barbuy (irmão do craque Amilcar). Surge o S de Sport. O C passa a valer para Club e Corinthians.


1916. O fundo agora é redondo. Permanecem as letras S,C e P entrelaçadas.

Até 1918 surgem variações do desenho com a volta do escudo de Hermogenes Barbuy com fundo preto.


1919. O distintivo já se aproxima do atual formado por um circulo negro, com o nome completo e a data da fundação em branco, e a bandeira paulista sem as treze listras.


1930. Surgem a âncora e os remos vermelhos que se referem aos esportes nauticos praticados no clube. Arte final de Francisco Rebolo Gonsales, ex-jogador do segundo quadro em 1922.



A partir de então, o simbolo sofreu poucas alterações, como a descrição fiel da bandeira paulista com as treze listras.




Concluindo a evolução, chegamos no escudo atual, com uma pequena borda ao redor dos remos,ancoras etc. Este com certeza é o simbolo de clube mais bonito do mundo

Um comentário:

Corinthians Penta Campeão Brasileiro de 2011

Cursos 24 Horas

Cursos 24 Horas - Cursos 100% Online com Certificado